Go to Top

Arquivo de março 2013

Edital Nº 001/2013 do Processo Seletivo Simplificado – Ficha de Inscrição SEMS-PMAC 2013

  Clique no Link para ver Ficha-de-Inscrição-SEMS-PMAC_2013

Edital Nº 001/2013 – Errata 1

    Clique Aqui para ver a ERRATA-1    

EDITAL Nº 001/2013 – SEC-SAÚDE – EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

      O Município de Afonso Cláudio, Estado do Espírito Santo, por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde, torna público que fará realizar, nos termos das Leis Municipais nºs 1.727/2006 e 1.825/2009, e suas alterações vigentes, bem como Portaria do Ministério da Saúde nº 2.488/2011, Processo Seletivo Simplificado para provimento de vagas e composição…

Pró-Criança retorna suas atividades, faça parte desse grupo!

A Secretaria Municipal de Ação Social através do serviço de convivência e fortalecimento de vínculos Pró-Criança retorna suas atividades,  com a socialização esportiva na instituição Pró-Casa do Menino, visando a participação  das crianças e adolescentes em suas potencialidades. Venha fazer parte desse grupo, demonstrando suas habilidades.   Nossos encontros acontecem: Pólo Central: de segunda à…

II Workshop de Fotografia de Aves na Natureza em Afonso Cláudio

Afonso Cláudio celebra a reabertura do Centro Cultural “José Ribeiro Tristão”

A noite de sexta-feira(1° de março) foi um momento de celebração para a cena cultural do município e região. Na ocasião o Governador Renato Casagrande entregou para a população Afonsoclaudense um espaço reformado ampliado e dotado de equipamentos adequados a espetáculos cênicos e musicais de grande porte.  O Centro Cultural, considerado um novo teatro, com…

Escola de Afonso Cláudio incentiva preservação de material didático

Para incentivar a conservação dos livros didáticos, ferramentas indispensáveis para a formação inicial acadêmica dos estudantes, a Escola Estadual Elvira Barros, localizada em Afonso Cláudio, realizou a “Semana de conscientização para o bom uso do livro didático”.Pais e responsáveis assinaram um termo de compromisso que visa a responsabilidade com o desgaste dos exemplares causado por manuseio incorreto dos alunos do ensino fundamental.   Durante o evento, famílias e crianças puderam aprender juntos a importância dos materiais didáticos, por meio de diversasatividades lúdicas educacionais, que envolveram a exibição de curtas-metragens, palestras educativas, pequenos debates, dentreoutras. De acordo com a diretora da unidade, Maria José Alves, a iniciativa pedagógica, planejada desde setembro do ano passado,promete trazer bons resultados ao longo do ano letivo de 2013. “Nossa expectativa é reduzir em 90% o mau uso dos livros. Paraisso, pedimos o apoio ativo das famílias para que assim possamos alcançar o sucesso. Ter acesso a materiais de boa qualidade é umdireito de todos e temos que propagar essa ideia”, frisou. Os livros didáticos são distribuídos gratuitamente para os alunos de todas as séries da rede pública de ensino. São exemplares deLíngua Portuguesa, Matemática, Ciências, História, Geografia, Biologia e Química. Os materiais ficam em posse dos estudantes por três anos consecutivos e a diretora ressalta que a má conservação dos livros e afalta de devolução no prazo correto podem causar resultados negativos no decorrer do processo educativo de crianças e jovens. “Danificar os livros didáticos elimina as chances de o aluno evoluir o seu intelecto, fator que futuramente também poderá impedir oseu ingresso no mercado de trabalho, que a cada dia exige mais qualificação dos candidatos às vagas de emprego”, finalizou MariaJosé Alves. Biblioteca Viva O projeto ‘Biblioteca Viva’, desenvolvido pela unidade, tem como objetivo estimular a leitura de diferenciados gêneros textuais,dentro ou fora do ambiente escolar, durante o ano letivo. Para isso, educadores realizam pequenos encontros na biblioteca daunidade, onde são realizadas diversas atividades como rodas de leitura, contação de histórias, produção textual, dentre outrastarefas que envolvem os livros. Mas a ação não se limita apenas ao espaço físico da unidade. Em grandes grupos, os estudantes percorrem as ruas do bairro SerraPelada e fazem empréstimos de livros aos moradores da comunidade que, depois, são recolhidos e repostos na biblioteca. “O livro didático facilita a compreensão das semelhanças, diferenças, permanências e transformações no modo de vida social, cultural, política e econômica de uma região ou comunidade”, finalizou a diretora. Em 2011, o projeto ‘Biblioteca Viva’ foi um dos vencedores do Prêmio Sedu – Boas Práticas, uma ação da Secretaria de Estado da Educação (Sedu) que tem como finalidade reconhecer professores e gestores da rede pública estadual pelas iniciativas voltadas para a melhoria dos resultados do desempenho da escola: rendimento, frequência e proficiência dos alunos.