Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos beneficia cerca de 200 pessoas em 2018

O Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) oferece, durante todo o ano, o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV). Em 2018, cerca de 200 pessoas, entre crianças, jovens, adultos e idosos, participaram das atividades do Serviço, de acordo com a faixa etária, que envolvem desde artesanato, até música e esportes. Todo o trabalho é acompanhado por psicólogo e assistente social.

“As crianças frequentam a escola em um horário e no contraturno participam de atividades esportivas, aulas de balé, do coral e de oficinas de artesanato. Já para os adultos e idosos, são feitas oficinas de artesanato”, explica a coordenadora do CRAS, Suenete Caetano. O trabalho realizado com os grupos é organizado para estimular as trocas culturais e o compartilhamento de vivências; desenvolver o sentimento de pertença e de identidade; e fortalecer os vínculos familiares, sempre sob a perspectiva de incentivar a socialização e a convivência familiar e comunitária.

Como cada grupo tem um horário diferente para frequentar o CRAS, foi realizada, na última quinta-feira (20), uma confraternização com os participantes das atividades e seus familiares. Na programação, as crianças se apresentaram para o público e, logo após, foi oferecido um jantar a todos. O evento contou com a participação do prefeito Edélio Guedes e da secretária de Assistência Social, Luzia Stein.

“Esse foi um momento de reunir todos e confraternizar, aproveitando o clima de Natal. Muitas pessoas que frequentam o CRAS não têm esse tipo de confraternização em casa, com suas famílias, e aguardam ansiosas por essa festa”, conta Suenete. “É a cereja do bolo das ações do ano. O momento dos pais que trabalham assistirem aos filhos se apresentando. E os idosos gostam muito também dessa interação”.

O Serviço de Convivência é ofertado de forma complementar ao trabalho social com famílias que é realizado por meio do Serviço de Proteção e Atendimento Integral às Famílias (PAIF) e do Serviço de Proteção e Atendimento Especializado às Famílias e Indivíduos (PAEFI). O SCFV possui um caráter preventivo e proativo, pautado na defesa e afirmação de direitos e no desenvolvimento de capacidades e potencialidades dos usuários, com vistas ao alcance de alternativas emancipatórias para o enfrentamento das vulnerabilidades sociais.

 Informações à imprensa:
Assessoria de Comunicação PMAC
Karolina Gazoni
Tel: (27) 3735-4069
E-mail: comunicacao@afonsoclaudio.es.gov.br
Facebook: Prefeitura de Afonso Cláudio
Instagram: @euamoafonsoclaudio