Afonso Cláudio implanta Rede de Atenção à Pessoas em Situação de Violência

Afonso Cláudio está estruturando a Rede de Atenção à Pessoas em Situação de Violência. Essa rede tem o intuito de formar um fluxo de atendimentos e levantar dados fidedignos dos casos de violência ocorridos no município. A rede proporcionará tanto um melhor atendimento às vítimas, quanto ações de prevenção dos diversos tipos de violência.

Estão envolvidos na Rede de Proteção as Secretarias Municipais de Saúde, Assistência Social e de Educação, além do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS), o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), o Conselho Tutelar, a Casa do Menino, a Vigilância Epidemiológica, o Hospital, as equipes de Estratégia de Saúde da Família (ESF) e as Polícias Civil e Militar.

Já foram realizadas duas reuniões dos representantes das entidades participantes. A primeira tratou da implantação e dos objetivos da rede e a segunda, realizada na terça (23), discutiu o fluxograma do atendimento e as ações que devem ser feitas nos casos de violência. “Com a Rede, vamos integrar todos os agentes envolvidos nesses tipos de atendimentos”, explica uma das participantes, a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Rejane Reblin.

A Vigilância Epidemiológica é a entidade responsável pela coleta e análise dos dados dos casos de violência. Rejane explica também que, com o acompanhamento de toda a rede, será possível monitorar os casos e ter os dados detalhados do município. “Assim, com os dados em mãos e completos, poderemos juntos auxiliar nas tomadas de decisão e nas ações de prevenção da violência”, destaca.

Informações à imprensa:
Assessoria de Comunicação PMAC
Karolina Gazoni
Tel.: (27) 3735-4069
E-mail: comunicacao@afonsoclaudio.es.gov.br